Sal

2015 | Museu Municipal de Faro | curadoria de Andreia César

Em Sal Henrique Vieira Ribeiro apresenta-nos um conjunto de trabalhos que se alinham tanto pela qualidade plástica como ainda pela profunda camada de sentido sobre a qual se forma frequentemente o seu trabalho.

Em primeira instância, ressalta o fascínio sobre o mundo natural, onde cativo o olhar do artista toma para si a transformação, a ondulação e a correlação dos elementos. A enunciação de fenómenos naturais, como reações químicas do sal contra os diferentes tipos de solo, abre portas ao universo das grandes dicotomias e ainda, dos símbolos universais do Sagrado.

Read More

Andreia César